Começa o grande ato em defesa dos royalties, na Cinelândia

17/10/2011 17:05

Do site Ururau

 

Mesmo com muita chuva os ônibus que partiram de Campos para o Rio de Janeiro para participar do ato em defesa dos royalties estavam lotados. As caravanas começaram a chegar a Cinelândia pouco depois das 15h e às 16h teve início o ato. 

Liderado pela Prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, que também é vice-presidente da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro) e pelo deputado federal Antony Garotinho, o ato deve reunir cerca de 10 mil pessoas em defesa dos royalties dos municípios produtores. 

Além do deputado federal Antony Garotinho, os deputados Paulo Feijó, Rodrigo Maia,  Áureo, Marcelo Matos e Adrian estão presentes, além dos deputados estaduais Clarissa Garotinho, Zoinho, Chico Alencar e diversos secretários municipais e vereadores de Campos e de outras cidades da região.  

A mobilização é uma forma de chamar a atenção dos governantes para os reflexos negativos que os municípios produtores de petróleo terão, caso seja derrubado o veto do ex-presidente Lula à Emenda Íbsen. 

A emenda prevê a redistribuição dos royalties de petróleo, de forma igualitária, para todos os municípios e estados da federação. Só o município de Campos, perderia grande parte da sua receita petrolífera.

Além de 200 ônibus, que saíram de diversos bairros do município, além de pontos estratégicos como Praça São Salvador e Cais da Lapa vários carros e vans particulares também estão seguindo para a Capital do Estado.

A HISTÓRIA SE REPETE
Em março de 2010, 65 ônibus saíram de Campos transportando pessoas para o ato em que mais de 120 mil pessoas de vários municípios diferentes caminharam da Candelária até a Cinelândia "Contra a covardia- em defesa dos royalties".

Na ocasião, por conta do grande interesse demonstrado pela população em participar do ato, a prefeita Rosinha decretou ponto facultativo para os servidores do município.